Leia ao som de Autumn Love – Death Cab For Cutie

Resolvi te deixar partir
depois de muito resistir.
Depois de anos amarrado,
atado a uma corrente,
com medo de olhar pra frente
e aceitar que não tem mais volta.

Resolvi te deixar partir,
como um prisioneiro que se solta
de algemas que ele mesmo
tinha as chaves para abrir,
mas achava que não ia conseguir
viver fora da prisão.

Depois de viver muito tempo em cativeiro
sabe o que uma pessoa livre faz primeiro?
Ela corre. Sem destino, sem direção.
Corre para sentir a liberdade
e depois corre da saudade.
Corre para fugir da confusão,
pois dentro de seu coração
já não sabe mais a quem pertence.

É certo que sentimento
não expira e não vence,
mas disso eu já sabia.
Eu só não diria
que iria acabar assim.
Depois de tanta insistência,
meu coração teve a decência
de entender o que minha mente
continuava a repetir.
Quando um não quer compromisso,
o outro fica submisso.
E foi exatamente por isso
que resolvi te deixar partir.

Paulinho Rahs