Leia ao som de Northern Lights – Death Cab For Cutie

Eu não acredito em destino.
E também não sou mais o menino
que costumava acreditar.
Não sou mais de caminhar
sem olhar o próximo passo
pois hoje sei que o fracasso
pode vir numa escolha errada.

Eu não acredito em destino
e nem em conto de fada.
Já compreendo que não é do nada
que as coisas acontecem.
Descobri que aqueles que merecem
são os que lutam mais.
Troquei o crer em destino
pela dúvida nos atalhos.
Pois o único lugar
em que vem sucesso antes do trabalho
é nas páginas do dicionário.

Eu não acredito em destino.
Mas hoje acredito em mim.
E sabendo que é assim
o controle está nas minhas mãos.
Se eu perder ou se eu ganhar
não vou escolher ninguém pra culpar.
Não sou louco de pôr a minha vida
totalmente nas mãos do acaso,
de uma decisão divina
ou questão de sorte e azar.

Prefiro hoje acreditar
que estou destinado a vencer.
Mas não se o destino querer
e sim pelas minhas escolhas.

Paulinho Rahs