Busca

Paulinho Rahs

O Poeta Solitário

Você mudar? Eu duvido…

Ah, essa é difícil.
É coisa que eu acho complicado
ver sair uma mudança
que venha aí desse lado. Continuar lendo “Você mudar? Eu duvido…”

Prefiro ser diferente

Num mundo em que é normal
Reclamar de tudo a toda hora,
armar uma guerra em rede social
por qualquer bobagem,
ser o dono da razão
só pra não ficar por fora,
prefiro é andar na contramão
mesmo que isso quase ninguém faça. Continuar lendo “Prefiro ser diferente”

Essa é a sua última chance

A real é que eu tô cansado
desse joguinho de vai e volta,
dessa indecisão constante,
dessa brincadeira de prende e solta. Continuar lendo “Essa é a sua última chance”

Em vez de chorar porque acabou, prefiro sorrir por que aconteceu

Existem histórias e histórias.
Aquelas que são fria, na certa.
Aquelas que são incríveis.
Outras que nos trazem descoberta. Continuar lendo “Em vez de chorar porque acabou, prefiro sorrir por que aconteceu”

Você foi a minha última ilusão

A real é que você
foi a minha última ilusão.
Não última no sentido de “mais recente”,
mas a última – onde eu dei um basta. Continuar lendo “Você foi a minha última ilusão”

E sobre nós prefiro imaginar que de algum jeito deu certo

Nem tudo é perfeito,
disso eu já sabia.
A gente podia ter funcionado
mas não foi bem como eu queria. Continuar lendo “E sobre nós prefiro imaginar que de algum jeito deu certo”

Eu vou fazer dar certo

Eu sei que sim,
eu vou fazer dar certo.
O futuro pode ser incerto
mas eu confio mais em mim. Continuar lendo “Eu vou fazer dar certo”

Eu já nem lembro de você

Na boa, por um tempo machucou.
Algumas vezes parece que o tempo até parou
enquanto eu sangrava sozinho.
Mas isso faz parte do caminho,
hoje eu vejo com mais clareza. Continuar lendo “Eu já nem lembro de você”

Outra madrugada

Sozinho no meu quarto
vou pensando pela madrugada
em tudo que a caminhada
tem trazido para mim. Continuar lendo “Outra madrugada”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑