Busca

Paulinho Rahs

O Poeta Solitário

Tag

Paulinho Rahs

Se você estiver se sentindo pra baixo

Se você estiver se sentindo pra baixo,
saiba que esse texto não chegou
em frente aos teus olhos por acaso.
Talvez tenha chegado com um certo atraso,
mas vamos fazer que seja a hora certa.
Você vai fazer uma descoberta
nos próximos trinta segundos: Continuar lendo “Se você estiver se sentindo pra baixo”

Eu e a timidez

É sempre um desafio.
E eu sigo suando frio
toda vez que preciso falar
É sempre difícil me expressar
e os outros também não me entendem,
as pessoas até se surpreendem
quando consigo me colocar. Continuar lendo “Eu e a timidez”

A vida é muito curta para se importar

Pensei que ia ser de um jeito,
planejei, criei expectativas.
Deixei a chama bem viva
pro balde de água fria
ser jogado e apagar tudo.
Continuar lendo “A vida é muito curta para se importar”

Você tem feito tudo que pode?

Me diz aí, você tem feito tudo que pode?
Ou tem algo que te incomode
na tua própria postura?
Dentro da nossa loucura
de sonhar em um dia vencer
não basta apenas querer,
é preciso pôr a mão na massa. Continuar lendo “Você tem feito tudo que pode?”

Se o seu dia também estiver estranho

Se o seu dia também estiver estranho
saiba que não é só aí.
Essa noite até para dormir
tudo estava um pouco fora,
como se o momento que vivemos agora
fosse decisivo no nosso planeta. Continuar lendo “Se o seu dia também estiver estranho”

Um brinde às chances perdidas

Leia ao som de Mind Over Matter – Young The Giant

Um brinde às chances perdidas
e a todas as vezes em que deixamos
passar o cavalo encilhado.
Um brinde ao aprendizado
com as derrotas que vieram,
e também ao nosso passado
e os erros que aqui nos trouxeram. Continuar lendo “Um brinde às chances perdidas”

Apenas segure firme

Leia ao som de Sun – Two Door Cinema Club

Apenas segure firme.

Eu imagino que deve estar difícil,
e também acredito que eu não sei
o que é sentir o que você sente.
Mas vim aqui te dizer que
pode ser diferente,
o seu problema do meu,
mesmo assim te estendo a mão
pra sairmos juntos dessa. Continuar lendo “Apenas segure firme”

E se eu pudesse reescrever a nossa história?

Leia ao som de Black Sun – Death Cab For Cutie

Perdido em pensamentos estranhos
perguntas de vários tamanhos
assombraram a minha mente.
Eis que então, de repente, uma se sobressaiu:
e se eu pudesse reescrever a nossa história?
Escreveria um conto de glória ou de obscuridade?
Escreveria sobre estar junto ou sobre morrer de saudade?
Ficou difícil de responder se, afinal, eu ia preferir
relembrar ou esquecer. Continuar lendo “E se eu pudesse reescrever a nossa história?”

Resolvi te deixar partir

Leia ao som de Autumn Love – Death Cab For Cutie

Resolvi te deixar partir
depois de muito resistir.
Depois de anos amarrado,
atado a uma corrente,
com medo de olhar pra frente
e aceitar que não tem mais volta. Continuar lendo “Resolvi te deixar partir”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑