Busca

Paulinho Rahs

O Poeta Solitário

Tag

depressão

A razão pela qual você está triste

A razão pela qual você está triste
é que você se apega a pessoas
que um dia querem estar contigo
e no outro desaparecem, não querem mais.
Você foca a sua atenção em pessoas
que te ignoram, não enxergam em você nada demais.
E você arruma tempo pra pessoas que não querem nem saber,
estão sempre “muito ocupadas” pra você.

Continuar lendo “A razão pela qual você está triste”

Será que eu estou onde deveria estar?

Às vezes eu sinto
que eu não construí nada
nos últimos anos.
Por mais que eu me esforce,
por mais que eu tenha planos.
Olho ao redor e só consigo pensar:
será que eu estou
onde deveria estar?

Continuar lendo “Será que eu estou onde deveria estar?”

Eu só queria me encontrar

Confuso, estressado, cansado,
com o pensamento acelerado,
com nem metade do que eu quero
ainda conquistado.

“Calma!”, eles me dizem.
“Tudo vai dar certo!”, se contradizem.
Quem me garante?
Como que você sabe que tudo vai dar certo
se passam dias, meses, anos e eu ainda não cheguei nem perto?

Continuar lendo “Eu só queria me encontrar”

Mesmo assim

Você tem amigos,
mas mesmo assim se sente sozinho.
Dizem que você é muito engraçado,
mas mesmo assim você olha no espelho
e se sente triste.

Continuar lendo “Mesmo assim”

Você também anda cansado?

Você também anda cansado?
Por que eu tô.
Tem dias que nem sei pra onde vou,
se é que estou indo para algum lugar.

Continuar lendo “Você também anda cansado?”

Você também se sente assim?

Não que eu esteja triste
mas também não tão feliz quanto aparento.
Veja: eu posso passar o dia sorrindo e fazendo piada.
Mas durante a noite sempre tem aquele momento
em que eu sinto um grande nada.
Um vazio, como se fizesse frio dentro de mim.

Continuar lendo “Você também se sente assim?”

Se você estiver deprimida

Se você estiver deprimida
enquanto rola pela timeline,
entre arrobas e underlines,
entre perfis e hashtags
te peço que desapegue
e desligue desse mundo social. Continuar lendo “Se você estiver deprimida”

Ninguém tem a vida tão perfeita quanto parece

Leia ao som de Same Size Feet

Na boa, a gente tá se perdendo. É sério. Isso me preocupa muito mais do que eu queria, pois é estúpido demais pensar que estamos ficando a cada dia mais tristes, depressivos, ansiosos e inquietos com ferramentas que deveriam tornar a nossa vida um mar de rosas.
É rede social demais para pouca firmeza psicológica.
É confusão mental demais para pouca verdade nas nossas auto-críticas. Continuar lendo “Ninguém tem a vida tão perfeita quanto parece”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑