Olhando pra uma memória,
não fiquei feliz pela história
que vivi de lá pra cá.

Fiquei mais é revoltado
com meu jeito desleixado
de viver e não pensar.

Não cuidar da aparência,
me perder da minha essência
foram apenas alguns dos erros.

Mal cuidado com a saúde,
perder meu tempo de juventude,
me deixam com essa cara de enterro.

Perdoem a expressão dura.
É que pra encontrar a cura
preciso me tratar com firmeza.

Chega de jogar tempo fora,
a vida se vive agora
e essa é a grande beleza.

Nem futuro, nem passado.
Presente é o único dado
que se deve analisar.

O que passou só destrói,
e o futuro se constrói
conforme se caminhar.

Então, lembre que não importa
se você errou de porta,
de caminho ou de estrada.

Comece hoje a mudança
e o futuro construirá, com esperança,
uma vida iluminada.

Paulinho Rahs