Busca

Paulinho Rahs

O Poeta Solitário

Tag

poema

Hora de virar a mesa

Leia ao som de Cough Syrup – Young The Giant

Às vezes você precisa sangrar
para relembrar que está vivo
e que tem uma alma.
Às vezes você precisa sangrar,
perder por alguns segundos o juízo
e qualquer resquício de calma.
Para quem sabe assim
dar valor ao que vem de dentro,
dar valor a quem você realmente é.
Valorizar também a importância de não perder a fé,
pois é ela quem te segura quando tudo desaba ao teu redor. Continuar lendo “Hora de virar a mesa”

Às vezes eu sou passado

Leia ao som de Hard Sun – Dinho Ouro Preto

Às vezes eu sou passado.
Vivo relembrando, buscando,
fico imóvel, parado
tentando reviver o que já se foi
e morrendo de medo que se apague da minha memória.

Estes pedaços da minha história
falam muito sobre quem sou.
falam ainda mais
sobre onde estou
e pouco
sobre onde eu queria estar.
Continuar lendo “Às vezes eu sou passado”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑