Hoje eu descobri que eu tô apaixonado
por uma pessoa que eu vi no espelho.
É, minhas imperfeições já não me deixaram vermelho
de raiva ou de vergonha.
Eu sei, meu corpo ainda não tá da maneira que eu queria.
Eu já não tô tão jovem quanto eu pensei que estaria.
Tem uma ruga ou outra, às vezes um fio de cabelo branco.

Mas comecei a entender que essas são cicatrizes de batalhas
que vivi na minha vida.
Eu tô apaixonado também por um alguém
que se chama “Processo”.
As mudanças no dia a dia são quase imperceptíveis.
Só que a mudança de atitude, essa é uma das mais incríveis.

Mudei a minha postura.
Comecei a me apaixonar pelo ato da construção.
Eu tô construindo uma pessoa melhor.
E já estou amando ela.

Portanto, quando eu me olho no espelho
e digo: eu te amo!
Não tô nem falando pra ele,
mas pra quem eu vejo
que sou capaz de me tornar.

Um corpo melhor,
uma mente mais forte,
resultados, sucesso…

Eu finalmente descobri
o que é sucesso:
é entender quem se quer ser,
o que se precisa fazer
e aí se apaixonar
por esse processo.

Paulinho Rahs