A sua volta por cima não precisa de barulho.
Esquece do orgulho.
Corre atrás do que é seu em silêncio, na boa:
por você mesmo e não pra mostrar pra outra pessoa.
Investe na sua vida, estuda, se cuida: cada dia chegando mais perto.
Pode apostar: já deu certo!

Sempre que você pensar em contar pra todo mundo sobre os seus planos,
lembra que plateia não assiste ensaios, eles assistem só o show.
Até a sua hora chegar, você precisa trabalhar e muito.
Não se preocupa em contar pros outros.
Seus resultados que vão contar por você.

E a frase: você nunca vai ser criticado por alguém que esteja fazendo mais que você.
Eu ouvi ela esses dias e me dei por conta: isso é tão óbvio. Mas como eu demorei pra aprender…
Quem critica é só quem está fazendo menos,
quem tá fazendo mais
tá ocupado demais.
Aprenda isso, como eu aprendi.
E mantenha-se ocupado demais
pra essas pessoas ouvir.

Sabe onde você quer chegar?
Que bom que você ainda não chegou lá.
Usa o agora pra se preparar – ainda mais.
Estuda, trabalha, cansa, corre pra caramba.
Talvez você já mereça, sim. Mas ainda não esteja pronto.
Se você segue se dedicando todo dia no propósito, ele não vai falhar em chegar.
Aproveita o processo. Vai valer a pena se preparar.

Voa. Chegou a hora de fazer acontecer.
Tá difícil mas só depende de você.
Mantenha a fé e firma o pé: pisa confiante no chão da sua estrada.
Não pensa em mais nada que possa te tirar do seu caminho.
Prossiga, mesmo quando se sentir sozinho.
Pra ganhar muito, é preciso perder muito.
Pra algo grande realizar, é preciso estar disposto
a se sacrificar.
E aí? Você está?

Parece um sonho impossível.
Mas só até se realizar.
Você vai seguir ou vai parar?
É hora de decidir.
E se parece que está longe, que vai demorar demais,
que está distante da vida real, lembre-se:
O tempo vai passar igual.
E aí daqui uns anos, quando você olhar pra trás
o que você vai sentir se hoje você desistir?
Parece impossível.
Mas só vai ser se você não tentar.

Paulinho Rahs