Vão dizer por aí que eu ando sumido, que eu tô esquisito e não sou mais o mesmo. Vão dizer que eu tô mascarado, não sou a pessoa que eu era. Mas a verdade é uma só: não é que eu tenha mudado, eu só resolvi continuar levando comigo apenas os de verdade.

Tem gente que diz que tá com a gente, mas tá só esperando a nossa queda.
Tem gente que se passa por amigo, mas na verdade pelas costas fala mil coisas.
Por isso eu resolvi filtrar melhor quem eu tenho do meu lado. Por isso é que muitos dirão por aí que eu sou outra pessoa. Eu sou o mesmo, só abri os olhos.

Faça uma lista de grandes amigos, pessoas que você mais convivia 5 anos atrás.
Quantos você ainda vê todo dia? Quantos você já não encontra mais?
Sabe, é isso. A vida muda e a gente vai se adaptando a ela.
Na essência somos os mesmos, mas algumas companhias já não cabem na nossa realidade.

Tolerar falsidade, gente interesseira e mentira não serve mais pra mim. Eu só quero viver em paz, tocando a vida com quem corre comigo por gostar de quem eu sou realmente. Prefiro ter poucos amigos, mas que esses sejam apenas os de fé.

E enquanto eu sigo por baixo, correndo atrás do prejuízo e apanhando pra conquistar meus sonhos, vou sabendo exatamente quem é quem no jogo da vida. Se não me apoia agora, não adianta me dar tapinha nas costas depois que tudo der certo.

Não guardo rancor, não penso em vingança. A única coisa é que eu lembro e sei bem certinho quem debochou, riu de mim e falou que eu nunca ia conseguir. Lembro disso não por mágoa, mas pra no futuro saber quem é falso e quem só quer carona quando a onda boa.

Vão dizer por aí que eu sumi, mas na verdade eu só desapareci da vida de quem só me puxava pra baixo.

Paulinho Rahs