Três coisas que todo mundo
precisa aprender a aceitar:
A primeira é que nem sempre dá.
E falhar não é o fim do mundo.
Segundo: nenhuma resposta
é um tipo de resposta.
Mesmo que seja a que você não gosta.
E a terceira: amigo, não dá bobeira.
Por que nem todo mundo tem
o mesmo coração puro que você.

A lição mais importante
que eu aprendi de um ano pra cá foi
não deixar o mundo me influenciar
a me tornar uma pessoa ruim.
Por mais que quase tudo esteja assim,
que a crueldade seja algo normal.
Minha essência é o bem, não o mal.
Por isso que mesmo apanhando da vida,
tomando porrada sem nem ver direito da onde vem
eu decidi que eu vou
seguir praticando o bem.

Quando alguém decide sair da sua vida,
deixe a pessoa ir.
O seu destino nunca vai ser com alguém
que simplesmente vai embora.
E isso não significa que essa pessoa foi ruim.
Significa apenas que a parte dela na sua história
chegou ao fim.


Muitas vezes quem mais nos decepciona
é quem a gente mais confiou.
E muitas vezes a gente acaba sendo mais amado
por quem a gente nem esperou.
Algumas pessoas nos deixam
quando a gente mais tá precisando.
E algumas ficam mesmo
sem motivo pra continuar ficando.
As pessoas vão entrar e sair da sua vida muitas vezes.
Você só precisa descobrir
quais mãos você vai apertar.
E quais mãos você vai segurar.

No fim tudo se resume
a última pessoa que você pensa antes de dormir.
Por que é ali que está o seu coração.
Diz pra mim: o seu anda onde, então?