Sorria.

Sorria pois o sorriso muda na hora o astral.
Manda pra longe o mal.
Transforma o clima e o ambiente.

Sorria
que isso faz com a química do corpo mude.
Te faz ter outra atitude, ilumina até o olhar.
Sorria pra afastar toda energia que for ruim.
Sorria por que no fim reclamar não adianta de nada.
Sorria até na hora errada, pois o sorriso quebra o gelo.

Sorria pra não chorar. Depois do choro também.
Sorria após um pesadelo, afinal acordou daquilo.
Sorria após um sonho bom que te levou a uma outra dimensão.

Quando estiver na escuridão ou de frente a um fracasso,
dê um sorriso e o próximo passo para enfrentar o que for.
Veja suas dificuldades com amor: elas estão te ensinando.
Te deixando mais forte e preparado.
Depois que tiver passado, você vai entender.
E aí sorria pra agradecer por estar crescendo na vida.

Falando na vida, sorria todos os dias assim que abrir os olhos.
Sorria quando lembrar que está vivo: muita gente estava ontem e hoje não está mais.
Sorria ao lembrar dos seus pais – estejam eles aqui ou não.
O sorriso precisa ser o seu norte, a cicatriz pros seus cortes
e pra toda apreensão.

Sorria até mesmo pra morte.
Sério. Falo de coração.
A morte que já levou tanta gente amada sua.
A morte que um dia chegar na sua rua,
aí na porta da sua casa.

Sorria quando ela estiver por perto.
Sorria pra agradecer a vida que foi vivida.
O privilégio de ter conhecido suas pessoas queridas.
Afinal tudo tem fim. Por que tem que ser assim:
sempre um temor a despedida?
É inevitável a partida. Mas olhe por outro lado.
Sorria por ter passado momentos com quem se foi.

Transforme sorrir em um hábito.
Faça hoje. Amanhã repita.
Até que um dia essa fita
vai tocar no automático.
É um mantra muito prático:
sorrir. Sempre sorrir.

Gargalhe até cair. Até a barriga doer.
Sorria quando for resolver
um problema bem complicado.
Não adianta e nem decifra
mas deixa tudo mais engraçado.
Sorria e diga obrigado
pela chance de solucionar algo.
Daqui um ano esse estresse
talvez sequer faça sentido.
Quem sabe você tenha
até mesmo esquecido.
Então do que adianta
perder um dia angustiado?
Dando certo ou errado
vai passar de qualquer jeito.
“Vai passar”, grave no peito
essa minha afirmação.

Tudo é passageiro.
A juventude, a carreira,
quando você se der bem
e quando fizer besteira.
Vai passar de qualquer maneira.
Então, sorria.

Se sorrir não resolver,
ao menos vai fazer
sua vida ser mais leve.

E “leve” pra mim
seja uma vida longa ou breve
é o que de verdade
descreve
uma vida que foi feliz.

Paulinho Rahs