Não desista agora.

Não foi por acaso
que meu texto chegou em você.
Tem coisas que eu preciso te dizer
mas, sério, não desista agora.
Aguenta só mais hoje.
Que seja mais uma hora.
Mas aguenta, por favor.

Te peço isso com amor.
Eu, um mero desconhecido,
mas que quero te lembrar que há sentido
e razão pra você seguir vivo.

Não desiste. Existe um motivo.
Por mais que aí te pareça que não.
Mas cara, essa confusão
é só uma cortina de fumaça.
Depois que a neblina passa
você vai ver tudo quanto é cor.
Vai ver que ainda existe calor
pra aquecer teu coração
que já ficou meio gelado
com esse mundo de ilusão.

Mas quer saber, então?
A verdade é a seguinte:
desistir não vai resolver
e nem sumir com teus problemas.
Mesmo se você desaparecer
ou quiser deixar de existir,
teus problemas vão te seguir
lá pra onde tua alma for.

Confia. Eu quero te ajudar.
Tô aqui pra te falar
algumas palavras de bem.
Você ainda vai ir muito além,
fazer muita coisa. Acredita.
Já se olhou no espelho hoje?
Você é uma pessoa bonita.

Te falo com toda certeza,
pois todos temos beleza.
Esse universo é perfeito
e, mesmo de um confuso jeito,
tudo está em harmonia.

Se estiver ruim,
tenta mudar de energia.
No que você anda pensando?
O que você anda sentindo?
Talvez teus problemas sejam maiores
e não dependam só de você.

Mas me dá essa chance
e me diz o que vai acontecer.
Começa a pensar que vai dar,
sinta-se como se já tivesse resolvido.
Agradeça pelo resultado
antes mesmo de ter conseguido.

Se isso te parecer loucura
ou algo que não faz sentido,
repito: me dá essa chance.
É meu único pedido.

Fora isso, aguenta só mais hoje.
Se você pensou em fazer bobagem
ou abrir mão da sua vida,
respira fundo, solta a bagagem,
coloca na sua mente uma imagem
de como seria pra ti
se teus problemas fossem solucionados.
Imagina isso e sorri.
Nem que seja por um instante.
Nem que seja por um segundo.
Desconecta do mundo.
Da internet, do teu celular,
de quem estiver a tua volta,
de quem insiste em pra baixo te puxar.

Fecha os olhos. Respira.
Devagar, vai puxando o ar.
Depois solta e cria comigo:
você num lugar melhor,
feliz e livre dessa dor estranha.
Vamos, me acompanha.
Tá conseguindo enxergar?
Se você se esforçar só um pouco
garanto que dá pra visualizar.

Você e um pôr do sol.
Ou viajando de cachecol
ou comemorando um jogo de futebol.
Você feliz onde quiser.
Com quem quiser ao seu lado.
Com dinheiro na carteira
e passaporte carimbado.
Com familiares felizes
e com amigos abraçado.

Conseguiu ver?
Pois esse é seu futuro.
É o que ainda pode acontecer.
Eu disse pode? Ops, vou consertar.
Não só pode como vai.
Me escuta, não se distrai.
Isso tudo se atrai.

Mas isso é papo pra outra hora.
O mais importante era você lembrar:
sua vida vai melhorar.
Só não desista agora.

Paulinho Rahs