Eu não sei se estou certo
se estou errado
se estou chegando mais perto
ou longe do esperado.

Não sei errei na escolha
se me perdi do caminho
se vivo mesmo numa bolha
ou se estou caminhando sozinho.

O fato é que não dá pra viver
pensando no que podia ser
outro caminho, outra história.

Então eu sigo, para o que der e vier
Fazendo o que eu puder
e sabendo que a colheita é obrigatória.

Eu não sei se muito acertei
mas de certeza tenho os fracassos.
No fundo entendo que serei
a soma de todos os passos.

Os passos que dei com firmeza
e os passos que foram tropeços.
E a verdadeira riqueza
encontrei nos meus recomeços.

Mesmo sabendo pouco
e às vezes achando que sou louco,
sigo em frente – sempre correndo.

Sei que eu não sei de quase nada
mas o que sei é que nessa jornada
todo dia alguma coisa eu aprendo.

Paulinho Rahs