Eu juro que gostaria apenas de uma explicação sua. Saber somente se você amou mesmo ou foi tudo ilusão minha. Por que quase sempre tenho a impressão que “nós” só existiu por que eu inventei.

Já não penso em você durante o dia. Mesmo assim, acabo sonhando contigo todas as noites. Você se tornou uma assombração que me visita nas madrugadas e eu não sei o que fazer.

Não sei nem por que ainda gosto de você. Não é recíproco, não me faz bem, não soma em nada na minha vida. O pior disso tudo é que não consigo controlar.

Espero que um dia eu te tire completamente do meu sistema. Esse sentimento que guardo por você é como uma doença. Me mata aos poucos e eu não consigo encontrar a cura.

Então, se você não quer voltar e ao mesmo tempo não para de aparecer nos meus sonhos, não me resta opção senão aceitar. Viver te amando de longe e perto do sofrimento.

Paulinho Rahs