Me olhei no espelho
e não acreditei.
Na real até odiei,
não quis mesmo acreditar.
Um ano ou cinco se passaram,
os sonhos se desgastaram,
as chances se desperdiçaram
e minhas preocupações dispararam.

– O que te falta? – Perguntei ao espelho.
O que te falta para mudar esse jeito,
arrancar essa dor do peito
e ser feliz de verdade?
O que te falta para ter liberdade,
tomar vergonha e abraçar
todo o teu potencial?

É preciso ter coragem.
Fazer mais do que você fala.
É preciso ter mais foco,
disciplina,
se começou termina,
construir uma rotina,
pois para fazer algo grande
tem que repetir o que é pequeno milhares de vezes.

E não importa onde você esteve,
tanto faz se andou meio confuso,
define novos objetivos
e não entra em parafuso.
Foca no que interessa,
pega a visão.
Você nasceu para ter conquistas
dignas de um campeão.
Acorda, a hora é agora.
Desperta a tua melhor versão.

Paulinho Rahs