Sonhei que eu abria o Instagram numa tarde qualquer e os likes haviam sumido.

No meu devaneio a vaidade do mundo havia terminado. Afinal, sem saber números de curtidas nas fotos, as pessoas pararam de se comparar umas com as outras.

Já não interessava mais se o artista que eu gosto tinha números menores do que outro. Só importava o que ele deixava pro mundo através da sua arte.
Já não aumentava a minha ansiedade ficar tentando ver qual pessoa da minha cidade tinha a foto mais curtida do momento. Só melhorava a minha experiência simplesmente ver o que as pessoas queriam de fato expressar. Continuar lendo “O fim dos likes do Instagram”

Anúncios