Busca

Paulinho Rahs

O Poeta Solitário

Só eu posso solucionar

Você vai me ver brincando, dando risada,
num churrasquinho, bebendo de madrugada.
Mas só Deus sabe como está
a minha mente e o meu coração.
Às vezes, cheio de problemas.
Talvez sem rumo, sem direção.

Continuar lendo “Só eu posso solucionar”

Conhecidos e amizades

Quando eu entendi que
algumas amizades só existem
quando eu procuro e vou atrás,
tomei uma decisão
que trouxe muito mais paz.
Me afastei de todo mundo.

Continuar lendo “Conhecidos e amizades”

A culpa não é sua

Algumas pessoas entram na sua vida
apenas pra te mostrar
o que o amor não é.

E quando isso acontece
vê se não esquece
que você pode ter sido
um pouco ingênuo, até.

Mas a culpa não é sua.
Você, como sempre, abriu o coração.
Deu uma chance, acreditou.
Agora, se a pessoa foi falsa e te machucou,
isso é totalmente na conta dela.

Continuar lendo “A culpa não é sua”

Gente interesseira

Quando você não é “ninguém”,
ou pelo menos não tem
nada que seja do interesse da pessoa,
Aí você quem é quem.
Diferencia gente ruim, de boa.
Por que sim, dá pra classificar.
Afinal que não te tratar na rua
ou num dia qualquer
igual te trataria
caso houvesse um interesse por trás,
essa aí é das más.
Pode tomar distância.

Continuar lendo “Gente interesseira”

Hoje é meu aniversário. É pra comemorar?

Hoje é meu aniversário.
É pra comemorar?
Olha, vou te confessar:
esse final de semana eu conversava com um amigo
que passou a vida inteira comigo,
conheço desde que eu aprendi a falar.
E como tem sido cada vez mais inevitável
falamos de idade, do tempo
que tá passando mais rápido a cada dia
e também da melancolia
de saber que não somos mais tão jovens.

Continuar lendo “Hoje é meu aniversário. É pra comemorar?”

Pensamentos Soltos (7)

Hoje eu assisti um vídeo que dizia assim:
“Esse ano eu conheci a versão mais destruída de mim,
mas também conheci a mais forte.”
E essa frase foi meu passaporte
pra embarcar em uma viagem de amor próprio.
Me olhar no espelho e ver meus olhos cansados
já não foi tão doído.
Pois eu entendi que se eu não tivesse sofrido tanto,
eu também não teria, de um jeito tão grande, crescido.

Continuar lendo “Pensamentos Soltos (7)”

Desapegando aos poucos

Às vezes você desapega da pessoa sem nem notar.
Você simplesmente para
de pensar nela todos os dias,
para de esperar
aquela resposta que queria.
Você para de permitir
que ela consuma espaço na sua vida.
Você segue em frente, vai curando a ferida.
De repente passa uma semana
sem nem lembrar dela também.
E você para de aguardar aquele
pedido de desculpa que nunca vem.

Continuar lendo “Desapegando aos poucos”

Seja quem você quer ser

Deixa eu te lembrar uma coisa:
a sua vida é sua.
Não desperdice ela tentando ser
o que os outros esperam que você seja.
Não sacrifique a sua felicidade
pela alegria deles e veja:

Continuar lendo “Seja quem você quer ser”

Não adianta tentar segurar

A lição mais difícil que eu aprendi esse ano
é que muitas vezes é melhor deixar as coisas como elas são,
não adianta querer mudar.
Deixar pessoas saírem da sua vida,
não procurar por respostas,
nem pedir pra alguém explicar.
Não lutar pra que a história tenha um desfecho
e muito menos pra voltar.

Continuar lendo “Não adianta tentar segurar”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑