A lição mais difícil que eu aprendi esse ano
é que muitas vezes é melhor deixar as coisas como elas são,
não adianta querer mudar.
Deixar pessoas saírem da sua vida,
não procurar por respostas,
nem pedir pra alguém explicar.
Não lutar pra que a história tenha um desfecho
e muito menos pra voltar.

Aprendi a esperar menos das pessoas
e entender que quando alguém resolve embora
não adianta tentar segurar.

Paulinho Rahs