Ela é linda,
mas não como aquelas garotas de revistas
que nem parecem de verdade, pois parecem perfeitas.
Ela é linda pelo jeito de pensar,
pela maneira que se aceita.
Ela é linda pelo brilho que tem no olhar
quando fala sobre algo que ama.
Ela é linda pelo jeito que faz os outros sorrirem
e não perde tempo com drama.

Ela é linda: quando está forte e também quando chora.
Ela é linda pelo o que carrega por dentro
muito mais do que pelo que se vê por fora.

Ela é linda.

Paulinho Rahs