Já que você está indo embora
e eu vou seguir o meu caminho,
deixo uma última mensagem
pra não esquecer o que passamos juntos.

Eu sempre me pergunto:
será que o próximo ano vai ser melhor?
Minhas promessas já sei cor
e sei também que muitas delas vou abandonar.
Faz parte desse meu jeito:
ir levando como dá.

Mas olhando pra tudo que passamos,
eu e você, velho ano,
queria te agradecer
por ter me feito mais humano.
Não foi fácil, mas sobrevivi.
E vou levar tudo que aprendi
e junto uma dose de esperança.
Minha alma é de criança
sempre imaginando que o futuro
reserva algo especial.
Então, tchau, ano velho que se vai!
Pena que não deu pra com você
realizar tudo que eu quis.
E ao novo ano que começa
a única coisa que me interessa:
que seja um ano feliz.

Paulinho Rahs