A gente que é forte
nunca desiste.

Podemos precisar dar um tempo,
chorar um pouco
tomar um café bem forte,
passar um tempo triste.

Mas segura que tem a volta.


Não importa o tamanho da perda
ou do nó na garganta.
Por maior que seja a queda
a gente sempre levanta.

Paulinho Rahs