Eu tô cansado do caminho.
Hoje, eu tô assim, meio sozinho.
Me sentindo um estrangeiro.
Mas como tudo é passageiro,
só espero que a tristeza passe.


Por mais que essa dor me abrace,
ainda vejo esperança.
Quando enxergo a vida com olhos de criança
consigo ter um pouco mais de fé.
Então, nadando contra a maré,
vivo buscando o futuro.

Por mais que pareça escuro,
por mais que pareça impossível,
pra viver uma vida incrível
é preciso sonhar alto.
Pois sonhando grande ou pequeno, cê vai ter que botar o pé no asfalto.
Então nem vamos perder tempo, com sonhos que não sejam gigantes.

A vida parece curta,
mas dando um passo por dia
poucos anos lá na frente, numa jornada de ousadia,
teremos chegado tão longe
que vai ser lindo de se ver.
Por isso, mesmo cansado do caminho,
vou continuar a percorrer.

Paulinho Rahs