Leia ao som de Vegas Lights

Menina, você tá me deixando “de cara”. Eu sempre gostei de adrenalina, mas fazia tempo que não me sentia assim. O nosso papo tem química, as nossas ideias combinam e, o pior, é que as nossas intenções batem. E se for pra bater, eu quero colidir de frente. Curvas perigosas, acidente de percurso. Se a gente se pechar mesmo, já era.

Continuar lendo “Você quer jogar comigo?”