Busca

Paulinho Rahs

O Poeta Solitário

mês

setembro 2020

Você quer jogar comigo?

Leia ao som de Vegas Lights

Menina, você tá me deixando “de cara”. Eu sempre gostei de adrenalina, mas fazia tempo que não me sentia assim. O nosso papo tem química, as nossas ideias combinam e, o pior, é que as nossas intenções batem. E se for pra bater, eu quero colidir de frente. Curvas perigosas, acidente de percurso. Se a gente se pechar mesmo, já era.

Continuar lendo “Você quer jogar comigo?”

De hoje em diante que eu possa recomeçar.

Eu sei que preciso mudar. Sei até o que eu preciso fazer para ser melhor. Me convenço de que estou no caminho certo, mas no fim do dia eu me vejo na mesma situação: errando os mesmos erros, tropeçando nas mesmas pedras. Eu não quero mais me sabotar, não aguento mais viver assim. Meu maior inimigo sou eu e isso precisa ser diferente.

Continuar lendo “De hoje em diante que eu possa recomeçar.”

Eu já me convenci que nunca vou conseguir parar de te amar.

Sua nova foto de perfil é a mais linda dos últimos anos. Sim, essa que você postou essa semana. Como que eu vi? É óbvio que eu vi. Como tudo que você posta. Como qualquer coisa que você faz. Eu sei, você pediu pra eu sumir da sua vida. Eu desapareci pra você. Mas sigo aqui no meu eterno papel de fantasma.

Continuar lendo “Eu já me convenci que nunca vou conseguir parar de te amar.”

Um tijolo por vez um dia vira mansão.

Me perguntaram como que eu faço pra viver sempre com um sorriso no rosto, dando a impressão que não tenho problemas. Eu tenho. Vários. Mas minhas batalhas luto em silêncio.

Continuar lendo “Um tijolo por vez um dia vira mansão.”

Para mudar antes do fim do ano

Hoje acordei e não consegui parar de pensar em como quero mudar a minha vida nos próximos meses. O ano está indo para o fim e eu quero terminar ele muito melhor do que estou agora.

Continuar lendo “Para mudar antes do fim do ano”

Eu vou conseguir

Eu e você temos no mínimo duas coisas em comum: nós dois sabemos o que é passar pela humilhação. Nós dois sabemos também o quanto somos fortes por temos superado isso.

Continuar lendo “Eu vou conseguir”

Vivo te amando de longe

Eu juro que gostaria apenas de uma explicação sua. Saber somente se você amou mesmo ou foi tudo ilusão minha. Por que quase sempre tenho a impressão que “nós” só existiu por que eu inventei.

Continuar lendo “Vivo te amando de longe”

Meio bom, meio ruim, muita saudade.

Te amar foi ou não foi um erro? Essa é a maior pergunta dentro de mim hoje. Eu coloco na balança, mas o equilíbrio persiste. Meio bom, meio ruim, muita saudade.

Continuar lendo “Meio bom, meio ruim, muita saudade.”

Falta empatia e sermos ouvintes

Você vai me ver mudar de opinião e muitas vezes dizer até o oposto do que eu já disse. Eu prefiro assumir que estive errado e mudar do que insistir no erro.

Continuar lendo “Falta empatia e sermos ouvintes”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑