Busca

Paulinho Rahs

O Poeta Solitário

mês

maio 2020

Você precisa continuar sendo você

A gente nunca sabe.
Mas vou te falar, que sim.
Sim, existe alguém que te admira.
Que olha as tuas redes sociais
e gosta das coisas que vê.
Gosta de ti somente
por você ser você. Continuar lendo “Você precisa continuar sendo você”

Apenas humano

Abri uma memória
de exatamente um ano atrás.
Que loucura é o tempo!
Trezentos e sessenta e cinco dias
parecem tanto, mas não são nada.
Um ano depois as batalhas são outras
mas sigo empunhando a espada.
Algumas batalhas são as mesmas
mas sigo na mesma estrada
pois tive que retornar a estaca zero
depois de cair da escada. Continuar lendo “Apenas humano”

Como eu me libertei

Olha que demorou.
Muito mais do que eu pensava,
muito mais do que deveria.
Antes eu me lamentava
e quase nunca entendia.
Eis que meus olhos se abriram
e tudo mudou de uma vez por todas. Continuar lendo “Como eu me libertei”

Afinal, você quer ou não quer?

Afinal, você quer ou não quer?
Olha, preciso que você decida.
Pois eu não vou passar a minha vida
esperando a graça decidir.
Se vai comigo ou vai ficar aqui
se quer aventura ou chatice,
se vai passar a velhice
pensando em como seria
ter tentado viver um dia
com intensidade de verdade. Continuar lendo “Afinal, você quer ou não quer?”

Partiu, vamo embora!

Partiu, vamo embora.
Partiu que a hora é agora.
E não há mais tempo
pra se fazer de salame.
Entenda, o maior vexame
é ficar parado na vida.
Se ame, minha querida,
e faça algo por você. Continuar lendo “Partiu, vamo embora!”

Faça algo que você tem medo

Todos os dias da sua vida
faça algo que você tem medo.
Pra mim esse é o segredo
de toda essa parada.
Já que a vida é uma estrada
por que não acelerar?
Por que ter vergonha de tentar
só por causa de um medo bobo?
Continuar lendo “Faça algo que você tem medo”

Ficar triste de vez em quando

Você não vai me ver feliz o tempo todo.
Mas talvez pense que eu também
quase não fico triste.
A verdade é que em mim existe
um pouco de cada um.
A melancolia é até mais comum,
a diferença é que eu escondo. Continuar lendo “Ficar triste de vez em quando”

Esse meu jeito louco

Um passo maior que a perna,
um sonho maior que o mundo,
uma chama de vontade eterna
com o desejo mais profundo. Continuar lendo “Esse meu jeito louco”

Um pouco de cuidado

Eu só te pediria
pra tomar um pouco de cuidado
com quem você anda mexendo.
Saquei o que cê tá fazendo
e tô muito bem ligado.
Eu não sou do tipo planta
que vai esperar aqui parado. Continuar lendo “Um pouco de cuidado”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑