Há dias que eu me sentia estagnado, empacado, preso no mesmo lugar. Você já se sentiu assim? Sufocado, ansioso, procurando algo diferente – mesmo sem saber o que…

Precisei me desconectar um pouco e botar os pés no chão. Renovar as energias e caminhar por aí apenas com a minha própria companhia. Comecei a me perguntar o motivo de não estar conseguindo crescer e, aos poucos, a minha mente foi clareando. Geralmente as respostas para as perguntas mais difíceis da nossa vida são tão óbvias que a gente passa batido por elas e continua procurando por algo mais – que nunca encontramos – sendo que é tudo muito mais simples do que a gente teima em assumir.

Por que alguns tinham mais sorte do que eu? Essa era a questão que martelava na minha ideia. ‘Sorte’. Veja só o que eu tinha em mente. Se eu presumia ter tanto talento, qualidade e potencial, me parecia muito injusto que eu estava perdido apenas por falta de ‘sorte’.
Surgiu, então, na minha cabeça, a imagem de um senhor que vi há muito tempo em algum lugar dizendo: “Amigos, eu FAÇO a minha sorte”.

E aí uma série de coisas começaram a ter sentido para mim.
Eu andava estagnado, reclamando da sorte, mas passava os dias sem fazer nada de diferente na minha vida. Dizem que a definição de loucura é fazer as mesmas coisas buscando outros resultados.
Eu me sentia empacado, um ser sem sorte, mas não mexia um dedo para melhorar a minha situação. Do que me adiantaria querer ganhar na loteria se nem jogando eu estava?
Eu fiquei preso no mesmo lugar, sempre sem sorte, mas não me levantava da cadeira em busca de coisas maiores.

Aí, de repente, um estalo me veio. Mais uma frase que ouvi a vida inteira mas, você sabe, as coisas entram em um ouvido e saem no outro.

“Quanto mais eu trabalho, mais sorte eu tenho”.

Essa frase não é minha, mas se tornou a minha forma de ver a vida. E desde então, eu acordo todos os dias determinado a fazer a minha própria sorte.

Trabalhar duro, estudar coisas novas, buscar melhorar, ser grato ao que tenho, ser humilde e resiliente, não desistir e não desanimar nunca.
Com isso tudo, acreditem ou não, comecei a ter muita sorte…

 

Paulinho Rahs

Anúncios