Leia ao som de Time To Pretend

É agora ou nunca.
Caramba, mas é sempre agora ou nunca. Eu não aguento mais essa saudade do passado. Todos os dias eu sinto falta de algo da escola, dos amigos que já partiram, dos amores que nunca mais voltarão ou de quem eu já fui. É um círculo vicioso, uma eterna vontade de voltar que não acaba nunca. Sempre há algo que parece que era mais fácil ou melhor há pouco tempo atrás. Talvez seja mesmo verdade que crescer e envelhecer é uma droga, mas disso eu sempre soube. Dentre todos os meus desejos mais profundos, ser jovem para sempre é o mais forte de todos.  Continuar lendo “Finja que você pode fazer tudo que quiser”

Anúncios