Essa ideia me ocorreu hoje, enquanto terminava um treino cansativo na academia. Naquela fadiga pós-exercício de quem ainda não tem lá muita resistência e tampouco está há muito tempo nessa rotina, me encontrei desesperado pelo bebedouro e parecia que toda água que eu ingeria era pouco. A sensação de saciedade não parecia ser algo próximo e, então, antes de me sentir estufado, parei de tomar. Foi aí que me dei por conta: para tudo na vida, o segredo é o gostinho de quero mais. Entendeu a analogia? Eu explico.

Aquela água eu já não estava bebendo mais para matar minha sede ou repor nutrientes perdidos no exercício. Era para encontrar um sentimento de saciedade que nunca seria atingido, uma ilusão criada pelo meu cérebro. Minha reação irracional era continuar buscando, mas quando parei para pensar me dei por conta de que eu podia passar o dia inteiro tentando. O segredo é o ‘gostinho de quero mais’. E isso vale pra tudo: compras, uso de drogas, amores, prazeres, comida, diversão; chega uma hora em que o contentamento não é o mesmo das primeiras vezes. Você repete compulsivamente buscando o mesmo regozijo e não encontra nunca mais. Pelo menos não enquanto não der um tempo; tudo que é demais enjoa.

O ‘gostinho’ que me refiro é aquela sensação de que cabia um pouco mais daquilo; foi bom, foi quase suficiente, porém não preencheu. Uma sensação de que não foi completo, que faltou algo mais. A real é que não faltou. É que nós, humanos, queremos tudo. É aquela velha analogia que minha mãe usa de que “não vai parar enquanto não ver o fundo do pote”. É querer mais um beijo, mais uma saída, mais um gole, mais um teco. Nunca vai ser o bastante, portanto é preciso – e complicado! – saber a hora de parar. Requer disciplina, aceitação, humildade; não dá pra ter tudo, sentir tudo, atingir um ápice. Não existe topo ou ponto final para os desejos humanos. Você sempre vai querer repetir se foi bom e procurar a primeira sensação.

O lance, então, é dar um tempo. Dosar para não cansar. Ter cautela e contentar-se com o exato. Pode ter certeza de que menos é mais e todas as coisas em excesso entendiam.

Deixar um gostinho de quero mais é o segredo para repetir as coisas boas da vida e elas sempre continuarem boas.

 

Paulinho Rahs

 

 

 

Anúncios